Friday, April 16, 2010

A Hora de Tirar a Mamadeira (e a chupeta)

Reza a lenda do universo materno que aos 2 anos de idade a criança não deveria mais tomar mamadeira. Recomendações do pediatra (dizem todas em coral).

De acordo com os pediatras americanos, após o primeiro ano de vida pode-se tirar a mamadeira (que dó, ainda são bebês....pra que essa pressa?). Aqui, a maioria tira com 1 ano e meio. Minha filha tem 2 e eu nem comecei a tentar.

O mesmo vale para as chupetas, mas como minha filha nunca chupou chupeta, foco o "drama" deste post na mamadeira.

Essa semana fui ao meu dentista e perguntei a ela sua opinião profissional com relação a mamadeira (da noite e da manhã). Ela me disse que, apesar de os pediatras recomendarem a retirada da mamadeira a partir do primeiro ano de vida, os dentistas aprendem na faculdade que até os 4 anos, a mamadeira não teria impacto negativo na formação da arcada dentária e do maxilar (guardada a devida razoabilidade em se manter apenas duas mamadeiras por dia no máximo).

Vejo as outras mães e a grande maioria já largou a mamadeira e/ou chupeta....e agora? o que fazer? Tirar dasticamente e deixar chorar por uns 2 dias e depois fica tudo bem (nem a pau!) ou ir tirando gradativamente primeiro uma e depois a outra (sim!)? ou deixar a menina com a mamadeira dela até sei-la-quando...alguém já viu adulto tomando na mamadeira? Espero que não....

O que v0cês fizeram????

19 comments:

Fabi Saba said...

A Vi tem quase 2 anos e toma mamadeira. Ela toma pra dormir, quando acorda e as vezes uma a tarde no nap time. Nao vejo mal, ela gosta e apesar de "ja" ter 2 anos ela ainda eh minha baby e eu amo dar mamadeira no colinho e ler livrinho antes de dormir.
Sabe, cada crianca tem seu tempo e forcar bruscamente nao eh legal. Com o tempo elas param. Quando elas repararem que as amigas nao tomam mais, ela tmb vao querer ser "big girls" e param. Ah, nao sei...
Alias, a da meia noite eu parei faz 1 mes so, sem drama nenhum, expliquei que meninas grandes tomavam so agua no meio da noite e ela aceitou numa boa e pede agua se acorda de madrugada. Tudo sem traumas..rsrs

Cintia said...

Pá, optei em esperar ate o momento em que a Isabela entendesse bem para tirar a chupeta. Isso aconteceu no Natal passado, quando a Isa estava com 2 anos e meio.Juntas penduramos as chupetas na arvore de Natal e escrevemos um bilhete ao Papai Noel pedindo que levasse aos bebes que precisavam de chupeta. Ela, que se orgulha dizendo que já menina e não bebe, ficou entusiasmada com a estória! A primeira noite foi um pouco difícil, mas eu a relembrava do nosso acordo com o Papai Noel. Na manha do dia 25, as chupetas tinham sumido e alguns presentinhos aparecido. Ela ficou satisfeita com a troca, apesar de volta e meia mencionar que estava com saudades das chupetas.... Achei o processo bem menos doloroso do que eu antecipava. Já a mamadeira....acho que ficara para o próximo Natal! Bj

Maria Tereza said...

Meu ortodontista disse a mesma coisa. Antes dos 4 anos não vale a pena tirar, dependendo da criança o sofrimento é grande demais.
Minha filha com 1 ano e meio parou de mamar. Por conta própria pro meu desespero.
E a chupeta ela foi deixando, cada dia chupava menos e até que um dia deixou no avião e disse " tchau pepê" (exatos 3 anos). Aproveitei a deixa e largamos a chupeta. Foi fácil.
Eu deixaria que a criança resolvesse e só tomaria alguma atitude depois dos 3, 4 anos!!

Paula Duailibi Homor said...

Gostei Maria Tereza. Se ela nao deixar por conta propria ate os 3-4 anos, dai eu vejo como faco, pois obviamente nao quero correr o risco de qq problema com a arcada dentaria.

N@nd@ said...

eu pretendo tirar lá pelos 2, mas ainda n tenho certeza. E chupeta, acho q depois q ela ir p escolinha ela mesma vai deixando esse vício aos poucos, pelo menos comigo foi assim com a chupeta, super fácil. Porém, com a mamadeira, tenho até vergonha de falar, mamei até os 11 anos e meu irmão até os 8. Eu falo sério qd digo q queria largar antes, mas eu n queria substituir por nada, já q meu leitinho com café, n ficava tão gostoso no copo, rsrsrs.... então minha mãe n deixava eu largar, pois dizia q o leite é importante e blábláblá... mas como eu n aguentava mais de tanta vergonha, abandonei a dita cuja, q eu só tomava a noite, escondida de todo mundo e até hj n tomo leite. Por isso acho q n se deve demorar demais, pq o bb fica muito dependente e qt mais o tempo passa, fica mais difícil aceitar tomar leite no copo. Pode perguntar a qq criança, pq ela prefere tomar na mamadeira e elas vão dizer q nela o leite é mais gostoso e n tem a mesma graça no copo ou no canudo, embora o canudo seja o q mais se aproxima.

Pode publicar, sem medo de eu ser criticada, rsrsrs...

Fernanda said...

Paula, com o Andre eu segui recomendaçnao do pediatra e depois de 1 ano (quando mudei de formula para leite de vaca) dava no sippy com aquele bico que eh transitório (nao é nem duro como o sippy normal, nem mole como a mamadeira) e como ele chupava chupeta só no berço, resolvi focar na mamamdeira primeiro. Não tivemos maiores dramas não. Sim, ele ficou uns dias sem tomar todo leite e achei que tudo bem, já que ele recompensava com yogurte, queijo, etc. Depois de um tempo ele largou o leite da manhã e depois dos 2 anos não tomava mais o de antes de dormir (e olha que ele AMA leite de caixinha até hoje).
Quanto a chupeta, escolhi uma hora que não estava havendo nehum outro tipo de transição (já tinha tirado a fralda, já tava dormindo na caminha, não estávamos de mudança) e simplesmente disse: "voce jah eh um mocinho e chupeta sao para os bebes, que tal a gente doar as suas para os bebes que precisam? Em troca a gente pode escolher um brinquedo de menino grande". Coloquei todas chupetas numa ziploc, fomos na ToysRus, meu marido conversou com uma vendedora que perguntou se ele estava procurando a "crying babies helper" e ela pegou a sacola, agardeceu e falou que ele podia escolher oq ue quisesse. Nunca mais pediu chupeta. Naquele dia ele deu uma choramingada mas foi soh.

Na minha opiniao quem tem que estar preparada para transicao eh a mãe. Se a gente nao estah `a vontade e confia que eles conseguem, não rola. E uma vez que a gente decidiu, tem ir ateh o fim e nao olhar pra tras. Grande parte da resistencia eh nossa de nao querer que eles cresçam também.

beijos

Rafaela said...

meu pediatra sempre falou; vc já viu adulto com mamadeira e chupeta? enfim...acho que as meninas tao certas, eles vao largando sozinhos ou com uma ajudinha nossa, mas largam anyway... e mesmo que seja um pouquinho mais tarde que os coleguinhas, nao vai ser prejudicial pra dentiçao...
bjs.
rr

Mamma Mini said...

Realmente Paula, 2 anos é a fase de ver a pessoinha virar criança e deixar de ser baby, mas quando é nosso filhote é tão difícil né? porque a gente ve que eles ainda são babies e precisam de suporte emocional....meu filho faz 2 anos no final do mês, ainda chupa chupeta e ama (infelizmente) usa um paninho junto com a chupeta e mama mamadeira de manhã e a noite. No meio do ano quero passar ele para o copinho de treinamento e como ele vai entrar na escola em agosto no final do ano quero negociar a chupeta, já coloquei metas. Minhas amigas com filhos dizem que a chupeta é mais fácil quando dá pra negociar e a mamadeira, para crianças que não chupam chupeta é mais um suporte... acho melhor relaxarmos e fazermos as transições em slow motion, afinal eles são muito pequenos! rs, mas é uma idade importante: escola, desfralde, tchau chupeta, tchau mamadeira...o dó! bjss

Livia, mãe da Carol said...

Carol era APAIXONADA pela chupeta até que aos 6 meses 'decidiu' usar apenas na hora de dormir e aos 8 largou de vez. Eu deixei, não insisti, mas guardei numa gaveta com receio dela acordar no meio da noite aos prantos. Isso nunca aconteceu. Já a mamadeira é um capítulo a parte. Sim, a Carol ja tem 3 anos e meio e ainda usa mamadeiras. Eu quero que minha filha cresça, claro; mas não sou a favor que nada seja forçado e não me imagino enganando a pessoa que mais amo no mundo. Com esta postura não acredito que esteja infantilizando a minha filha, de forma alguma. Sei que ela não é mais um bebezinho e quando eu sentir falta de um em casa terei outro filho. Sou tranquila demais e acho que cada criança tem seu momento e concordo com a Rafela que disse nunca ter visto adulto com chupeta e mamadeira...eu também nunca vi...rs...Acho que pediatras são muito teóricos e nós mães, sabemos que na prática a coisa é bem diferente. Desde que a Carol entrou para a escola que as mamadas diminuiram e eu faço a minha parte oferecendo o leite no copo, mas nem sempre ela aceita. Eu acho que mais cedo ou mais tarde ela vai largar a mamadeira e acredito que antes do 4 anos isso aconteca; portanto, estou tranquila. Acho que vc deve encarar da forma mais natural possível Paula, ver os pais seguros faz toda diferença na decisão dos filhos. Bjs para vcs duas!

Adriana Stock said...

Oi, Paula. Escrevi sobre o assunto lá no blog:
http://gringuinhos.blogspot.com/2010/04/fada-madrinha-dos-bicos-e-mamadeiras.html
Bj,
Adriana

Fernanda Paraguassu said...

Olá, Paula.
acompanho teu blog aqui de Buenos Aires. Aliás, quando a gente se muda, também tem que adiar esse tipo de decisão, como tirar mamadeiras, chupetas...até a criança se acostumar com a nova casa, né?! Tem um selinho pra você lá no meu blog! Passa lá!!!
bj
Fernanda.
(http://buenosairesparaninos.blogspot.com)

Camila Bandeira said...

Paula, a Gabriela largou a mamadeira antes dos dois anos, foi aos poucos trocando por aqueles copos coloridos. Ela também trocou o leite pelas vitaminas, e o pediatra e a nutricionista disseram que não tinha problema nenhum. Eu achava que era um problema ela não tomar leite, mas eles não viram nada demais. Agora, quanto à chupeta...ai, ai, ai. Ela estava super bem, com chupeta só para dormir, mas quando trocou de babá e eu engravidei, deu uma regredida. Hoje em dia, o "bubu" está onipresente na vida dela. Tentamos de tudo, mas ela sempre lembra dele. O pediatra disse que negociasse alguma coisa que ela gostasse muito, mas muito mesmo. E que trocasse pelas chupetas. E que aguentasse, pois seriam dois ou três dias de choro para valer, mas que nunca tinha visto nenhuma criança que passasse disso. O problema é o pai aguentar ver esse chororô ;-)
Beijos!

Paula Duailibi Homor said...

Deixa a chupeta da menina!
Se esta comprovado que nao tem problema ate os 4 anos, pra que passar por esse sofrimento?

Gisella said...

Oi Paula,
Leio sempre seu blog daqui do Brasil e gosto muito dos seus posts! Tenho um filho de 2 anos e meio e uma filha de 5 anos e meio. Ele ainda toma mamadeira antes de dormir e ao acordar e a-d-o-r-a! Se eu deixasse, ele também tomaria antes do nap time, mas seguro porque ele dorme antes do almoço e acaba acordando sem fome quando deixo tomar a mamadeira. Acho que não há problema em deixar mais um pouco e ir tirando aos pouquinhos. Com minha filha foi assim, fui tirando até os três anos. O único problema foi substituir por outra fonte de calcio, já que ela só tomava o leite em pó puro e não aceitou nenhum achocolatado, yogurt, vitamina, etc. Até hoje sofro um pouco com isso, ela toma na marra, e isso porque ela amava a mamadeira!
Hoje, acho que teria sido melhor esperar mais um pouquinho e ir tentando introduzir algum sabor naquele leite que ela tomava...
Meu filho gosta de yogurt, o que me deixa mais tranquila para a hora de substituir!
Mas sem pressa...

Mamma Mini said...

Vc ganhou outro selinho!
passa lá no blog pra ver
www.mammamini.blogspot.com!
adoro seu blog.. tinha que ser um dos escolhidos....rs
bjs
Fernanda

Roberta said...

É tão engraçado como o que é fácil para uns é difícil para outros. A mamadeira foi uma coisa que saiu de casa totalmente sem traumas já há muito tempo, nem sei quanto. Acho que a Luísa tinha pouco mais de um ano e meio quando substituí por um copo com um bico molinho e está nele até hoje. Uma das coisas que eu acho que pode ter contribuído é que eu nunca deixei a mamadeira sob controle da Luísa. Eu sempre dava a mamadeira pra ela e imediatamente tirava. Muitas vezes as crianças ficam andando pela casa com a mamadeira e acabam aumentando o vínculo. Sei lá se foi isso ou não tem nada a ver.
Mas a chupeta, minha filha... a história é parecida com a da Camila, que comentou acima. Ultimamente, quer chupeta pra tudo. Só larga quando está brincando. Eu brigo o dia todo, mas fica até chato e cansativo. Penso se está na hora de tirar radicalmente ou se deixo por ser um período de tantas mudanças pra ela (escola, minha gravidez, essas coisas).
Enfim, cada um com seus pobrema, né...
Beijos

mm said...

Ola Paula,
Eu moro em NYC e descobri seu blog ha pouco tempo...estou adorando!!!
Tenho um filho de 3 anos o Joao Pedro. Quando levei ele no check up de dois anos a pediatra falou pra eu tirar a mamadeira. No mesmo dia eu comprei o copinho com bico e ele aceitou numa boa. Quando parei de amamentar foi a mesma coisa...na primeira mamadeira ele ja nem lembrava mais do meu peito! Acho q depende muito da crianca, nao tem regras!!! Minha luta agora eh fazer ele parar de chupar o dedo!!!
Beijos
Marcella

Keiko said...

Olha, nunca comento, soh fico curtindo suas aventuras e dicas nova-iorquinas, sempre otimas! MAs como este eh um assunto que ja tive que responder muitas vezes te digo. O meu aqui vai fazer 4 anos em Junho, Quando foi 3 pensei, ok, agora chega...mas ai cheguei a conclusao que nada mais reconfortante (e mais pratico! ) do que uma super vitamina de tudo tomada na mamdeira de manha, entao desisti e combinei com ele que ate 4 anos, ele pode tomar 1 mamadeira de manha, e pronto! Todo mundo sai feliz:-)

Keiko

Mami canguru said...

também estive na odontopediatra essa semana e ela recomendou o fim da chupeta...minha baby faz 2 anos mês que vem...mas é super agarrada ao "bi"...sinceramente não sei o que fazer. bjbj!
www.mamicanguru.blogspot.com

Related Posts with Thumbnails