Monday, April 11, 2011

Soutien Com Bojo Para Crianças

Tô chocada.

Nem sabia da existência de algo parecido até ler os post nos blogs da Carolina Delboni e da Roberta Lippi.

Tô chocada.

O que é isso minha gente? Já falei aqui do ridículo em se comprar maquiagem para crianças, bem como esfoliantes e cremes anti-rugas. Li em algum lugar uma mãe que levou a filha de 8 anos para receber aplicações de Botox.

Crianças usando bolsas de estilistas renomados, ao invés de carregarem suas mochilinhas de bichinho ou bolsinhas cor-de-rosa. Qual o problema em ser criança? Por que essas mães (sim, porque o problema é na cabeças dessas loucas) fazem tanta questão em encurtar a fase mais importante da vida das filhas?

Alguém ajude essas pessoas desinformadas POR FAVOR!

Depois reclamam e ficam indignadas com as estórias escabrosas de abuso sexual. A midia é grande culpada. Ouvi dizer que existe um comercial de protetor solar que claramente foca no bumbum da menina correndo na praia. Uma criança!!! Olha a mensagem!

E para as sacoleiras de plantão que adoram ficar na fila que dobra a esquina na 5a. Avenida da loja Abercrombie, os biquinis para garotinhas de 8-12 anos vem com bojo no peito! Fazer uma criança parecer adulta?

Essa gente tá louca!

15 comments:

Mini Encanto said...

Nossa Paula, concordo plenamente com vc.Por isso em nossas peças, inclusive maoda praia temos a preocupação de manter a peça bem comprotada, tapando tudo, pois corpinho de criança não se expõe: imagine bojo!sem noção completamente, para despertar ainda mais a cobiça de pedófilos!
Bjs
Claudia

Simone said...

Insano essa necessidade de algumas mães que querem fazer as crianças pular a fase mais importante da vida: a infância. Sempre venho aqui e acabo não comentando muito, mas hoje tive que escrever pra dizer que concordo com tudo o que você disse em gênero, número e grau.

É por essas e outras que acho a coisa mais linda do mundo quando a Sofia, minha filha de 4 anos, pega a maquiagem infantil e fala pra quem quiser ouvir que criança não usa maquiagem, só as bonecas. E lá vai ela enfeitar feliz da vida as bonecas que podem ser lavadas.

Bjs!!

Paty said...

TAmbem estou chocada. e como ame de uma menina e outra a caminho, muito preocupada.... bjs

Livia, mãe da Carol said...

Que coisa, era só o que faltava! Carol tem 4 anos e é bem moleque. Brinca com meninos, veste qualquer cor...e eu veto qualquer coisa que não seja adequado a idade dela. Saltinhos e maquiagens não entra aqui em casa. Um dia ela vai usar. Tudo tem seu tempo! Bjs!

Ingrid Souza said...

Bom, enquanto isso no Brasil algumas mães acham lindo insentivar suas filhotas a crescerem futeis e vazias.

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110403/not_imp701084,0.php

Acho ridiculo, mas enfim, cada um cria o filho como quer...com bojo, sem bojo, indo a Disney ou gastando em Paris!

Jesielli said...

oi, flor!..
adooooooooorei seu blog, muiito lindo aqui, ja to te seguindo...
da uma passadinha la no meu cantinho comenta e me segue tbm.
Seus post são SUPER, adooorei mesmo!
Muita sorte pra vc flor.
mil's beijinhos *-*

http://jeisipstar.blogspot.com/

ahh.. me adiciona la no facebook
http://www.facebook.com/profile.php?id=1369871447

N@nd@ said...

Concordo com vc, mas qt a maquiagem deixo minha filha usar sim, acho q p tudo há um bom senso, é claro! Minha filha n entende o verdadeiro propósito da maquiagem, por isso p ela é só brincadeira. Ela me vê usar, principalmente minha mãe e tb quer, n nego. Mas ela n sai maquiada, ela brinca dentro de casa como se fosse pintura mesmo. Brinca com batom e blush. P ela n tem essa conotação de beleza, ela se lambreca e se diverte. Acho q a palavra chave é equilíbrio. Ela n me vê cheia de maquiagem e nem deixo ela emperequetada com coisas de adultos. Arrumo ela cheia de frufrus, mas com coisas de crianças, acho q isso q importa.
Acho q qd se é mãe a gente passa a ver q n podemos ser irredutíveis e entender q cada um cria seus filhos de maneira diferente, claro q sabendo q existem regras e limites para serem estabelecidas.
Tb acho horrível essa erotização infantil de hoje em dia, mas infelizmente essas mães q agem desse jeito simplesmente n percebem q estão fazendo mal as suas filhas, pq por vezes elas já são frutos de uma má criação. O jeito é torcer p que elas percebam o mal q estão causando aos seus pequenos antes q seja tarde.

Luana M. said...

Até que ponto não são as mães imbecis que fomentam a pedofilia????
Bem, eu postei já que acho isso tremendamente absurdo. Aliás, nesse post aqui, tem uma coleção de absurdos:
http://limobag.blogspot.com/2011/04/momento-revolta-total-liguei-o-f-pras.html

Paula, o consumismo está tomando uma dimensão jamais vista. Acho que vou me matricular num curso de costura, por daqui uns tempos, não conseguiremos mais comprar roupa NORMAL de criança. Não duvide.

Beijo

Luana M. said...

Esqueci de dizer: não PISO mais na Abercrombie e Casas Pernambuncanas. E quanto à Disney (estampa do sutiã de bojo para meninas de 6 anos), estou aqui a pensar MESMO.

NOJO! Só o boicote funciona.

Carol P said...

Absurdo concordo contigo, nao sei aonde anda a cabeca dessa mulherada. Pior que compram essas coisas para as criancas e se orgulnm do fato.
A fila da Abercrombie aqui em Londres eh mais ou menos como em NY, serio nao entendo pq que.
bj carol
www.motherlovedatabase.com

Maíra Azevedo said...

Paula, também estou horrorizada com isso e também com mais uma coisa que descobri na padaria perto de casa (em SP), que também vende vinhos: uma garrafa igual a uma de champagne, só que da Disney, com princesas e Carros, da marca Cereser. Não tem álcool, mas é espumante igual champagne. Acredito que isso estimula a adultização de crianças e pior ainda, desperta na criança o hábito de consumir álcool... Se aquele cigarrinho de chocolate da nossa infância foi proibido, porque podem existir "champagnes" para criança?!?! Mandei um e-mail para o atendimento ao consumidor da empresa fabricante e gostaria que todas as mães que concordam comigo façam o mesmo para demonstrar nossa revolta e insatisfação com esse produto. Você concorda comigo, Paula? Vou mandar para o seu e-mail a foto do produto.
Bjs,
Maíra

Anna Paula said...

Concordo com todas, mas uma coisa em especial me chama atenção no que a Paula apontou, por que acho que é AÍ que morra o problema: o que estará acontecendo com essas mulheres? Juro, me preocupa pq sou uma mulher, minha filha será uma mulher daqui à pouco, e me espanta tudo isso entre minhas iguais. Os produtos, claro, são péssimos, mas eles só são colocados no mercado depois de um estudo exaustivo sobre o desejo de se consumir algo parecido, então, a pergunta que não quer calar e que a Paula inclusive faz é: o que está acontecendo para que esse desejo, para que esse desejo bizarro de se erotizar crianças, esteja tão vivo, tão presente? Não aprovo esse tipo de coisa, não as faço na minha vida e na vida da minha filha, mas ainda assim me preocupo e muuuuuito, porque vivemos nesse tempo, num tempo em que é preciso erotizar tudo, e acho que essa necessidade de erotização vem da avaçaladora falta de desejo que inunda a vida pós-moderna, por padecermos de desejo de vida, e esse desejo de vida inclui a possibilidade real de imperfeições e diferenças, acabamos por coisificar pessoas, crianças, sentimentos, nossas vidas, na tentativa doentia, ao meu ver, de torná-las nossa imagem e perfeição. Salve-se quem puder, quem puder VIVER ao invés de PARECER. Mais uma vez Paula, muito bacana esse tema aqui, ele é importantíssimo por ser tão atual e sempre tão cinicamente ignorado. Bjs

Gisella Baptista said...

Paula,
Nesta semana mesmo estava conversando sobre isso com uma amiga, porque por aqui, na escola dos meus filhos, vejo cada coisa que fico boba! E as vezes tenho a sensação que sou uma das únicas que ficam chocadas! A última que minha filha veio me contar foi que todos riram dela na escola, porque ela não tem ipod, iphone ou ipad, acredita??? Fiquei louca da vida!! Ela tem 6 anos! E faço questão de não dar coisas que nao são para a idade dela. Maquiagem ela não leva, mas as outras levam e ela volta toda "empetecada" para casa. Salto, minha sogra já deu. E eu proibi de usar fora de casa. Acho que a dificuldade só vai aumentando quando entram em campo as outras pessoas com quem ela convive ! Eu continuo firme e forte, não deixo ver Hannah Montana (todas as amigas já viram), e ela nem sabe quem é Justin Bieber, mas já veio me contar que alguem é apaixonada por ele !!! Ainda bem que com o seu post vejo que não sou só eu que me assusto com essas coisas!!!
Bjs
Gi

Sweet Wings said...

Pa
Um absurdo! Tb fico chocada com essas noticias.
Nessas horas penso que é bom ter meninos.
bjs
Fe

Carine said...

Eu sinto que vai ficar cada vez mais dificil vestir nossas crianças, as roupinhas ditas de menina perderam o sentido de ser. Minha filha vive ganhando de presente roupa "tipo adulto" e ela tem so 5 anos. Claro, eu não coloco, mas sei que quando ela tiver 12 anos ela vai querer fazer como "todo mundo" e ai vai começar a briga feia, e eu nao vou poder jogar fora seu presente. Espero ter sabedoria para lidar com tanta invasão da midia sobre "o que se deve vestir quando menina". Obrigada Paula por expor estes problemas, nao podemos parar de comunicar sobre;). beijos

Related Posts with Thumbnails