Thursday, November 25, 2010

Fraldas de Pano

Todo mundo que é mãe já deve ter sentido um pouquinho de culpa com relação a quantidade de lixo fraldário produzido por seus bebês. A terra leva mais de 500 anos para decompor uma fralda. Pense nisso. Se um bebêzinho usa, em média, 10 fraldas por dia são 300 fraldas por mês. Apenas 1 bebê.

A Paloma do blog Peripécias de Cecília e Fofices de Clarice esperimentou umas fraldas de pano americanas e conta pra gente como foi a sua experiência.

"Quando eu pensava em fraldas de pano, a primeira cena que vinha à minha cabeça era: uma mulher exausta, na beira do tanque, esfregando, esfregando até tirar as manchas de cocô daquelas fraldas tipo Cremer. Confesse que você também pensa ou pensava assim. Não, eu não sou velha nem lembro da minha mãe lavando as minhas fraldas, até porque, naquela época a gente desfraldava cedo e a memória não alcançaria registros tão antigos.

Só que agora existem outros tipos de fraldas de pano. Aliás, em comum com aquelas antigas, elas só têm o nome, porque possuem tecidos impermeáveis e refis atoalhados que permitem que o cocô ou xixi sejam absorvidos rapidamente. Mas eu nem sabia disso na minha primeira gravidez, há quatro anos.

Quando a Ciça nasceu, eu, mãe de primeira viagem e cheia de preocupações (que hoje vejo eram totalmente) supérfluas, nem pensei no assunto. Fiz um estoque de fraldas descartáveis que durou quase até o desfralde. Tive a sorte de ela não ter tido alergia a nenhuma e de ter recebido dicas de mães mais experientes sobre as melhores marcas. Mas todas elas, mesmo as melhores, vem em quando vazavam, soltavam a fita adesiva ou apresentavam algum problema. E eu me ressentia da quantidade de lixo acumulado. Enxia mais de um balde por dia, aquelas fraldas plásticas, indo para os aterros para lá ficarem pelos próximos 500 anos. Nada muito agradável de se pensar, né? Por isso eu mudava de canal e pensava que, como mãe moderna, que concilia filho e trabalho, eu não tinha mesmo opção.

Na gravidez da Clarice, muito mais consciente de tudo que na primeira, voltei a pensar no assunto. Mas, desta vez, pensava: "eu não vou ter tempo meeeesmo, já que agora, além de tudo, ainda tenho uma criança em casa, que demanda muita atenção, tempo e disposição". Fora que eu não sabia como seria o novo bebê, se dormiria bem à noite, se me deixaria descansar. Clarice nasceu, comecei a amamentar em livre demanda, isto é, sem impor horários, e não sabia o que esperar. Eis que ela rapidamente se auto-regulou e com um mês já dormia 7 horas seguidas, sendo que hoje, aos quase quatro, já dorme 9 ou 10 horas seguidas, sempre à noite.

E eu vi que teria tempo, sim, para fazer o que me parecia tão complicado: experimentar as tais fraldas de pano. Ter uma amiga e vizinha que já usava ajudou muito, pois além de me emprestar um exemplar da fralda para eu testar com a Clarice, ela respondia a todas as minhas questões, de modo que desmitificou o uso das tais fraldas. Primeiro testei uma marca brasileira, mas não obtive resultados muito satisfatórios. Fora que a fralda, apesar de linda, era muito inchada, grandona. Mas eu já estava apaixonada por este novo mundo que se abria pra mim e não desisti assim tão fácil.

Fui atrás de outra amiga, que mora em NY, peguei seu endereço emprestado e encomendei as fraldas que tenho hoje: BumGenius 4.0. Comprei as One Size, ou seja, tamanho único: se ajustam ao bebê em todas as fases do crescimento, de recém-nascido ao desfralde. O ajuste se dá por meio de botões, que fazem a regulagem do tamanho da fralda. Na cintura, o ajuste é feito com velcro, que veste bem bebês gordinhos, magrinhos, barrigudos ou esbeltos. Os refis atoalhados, que acompanham as fraldas e devem ser colocados dentro de cada uma delas, também são ajustáveis.

Todas as pessoas com quem eu já tinha conversado sobre o assunto, pessoalmente, em listas de maternidade, blogs e afins, indicavam esta marca como sendo boa. Comprei um pacote de seis para testar e aprovei, tanto que já encomendei meu segundo pacote. Comprei as fraldas em promoção no site ThanksMama, que vende também outras marcas, como FuzziBunz, Happy Heiny's e outras dezenas (sim, há dezenas de marcas disponíveis!). A vantagem da BumGenius em relação à que eu tinha testado é que não vazou nunca, nem nos primeiros usos, como acontece com algumas marcas. Isso se dá porque a absorção destas fraldas melhora a cada lavagem.

E, por falar em lavagem, esqueça a cena da mulher suada se matando de esfregar fraldas no tanque. Basta colocá-las de molho em água com um pouco de sabão e depois lavá-las na máquina de lavar, junto com outras roupas da criança ou separadas, como for melhor para a família.

Seja por questões econômicas (você pode comprar de uma vez 12 ou 15 fraldas e usá-las até o desfralde) ou ecológicas (é reutilizável e não gera lixo inorgânico), elas apresentam muitas vantagens em relação às descartáveis, que, para piorar, aqui no Brasil são de péssima qualidade.

Muita gente diz que gostaria de tentar, mas tem preguiça. Eu era uma delas. Mas tentei e gostei. Se você tem vontade, por que não vencer a inércia e tentar também?
"

17 comments:

Nane said...

Adorei a novidade e gostaria de passar adiante p/ uma amiga gravida e toda "eco-consciente". Mas tenho uma pergunta de ordem pratica para Paloma: como fazer qdo vc tem que trocar a fralda na rua? Guarda a suja fedorenta em algum saco plastico tipo Ziploc e espera chegar em casa p/ lavar?
Bjs Nane

Carol Passuello said...

Muito legal! Fiquei com vontade de experimentar! Tenho gêmeos e realmente me incomodo com a quantidade de lixo que gero. Perguntinha: elas não vazam?
Bjs para as duas, Paula e Paloma!

Agnes, Mãe do Pedro Henrique said...

muito bom seu blog, adorei!
to te seguindo, passa lá no meu para conhecer tbm!
e o post tbm otimo!
bjos

Maya Segers said...

olá adorei a dica ainda nao sou mae mas espero me lembra disso ...beijos
gostaria de postar no meu blog suas informações se nao se importa ... la falo de tudo que acho interessante

se puder me da um ok...
beijos

Veronica Tutundjian said...

Nossa, realmente não imaginava que as fraldas de pano estavam tão evoluidas!
Quem sabe não me aventuro e experimento!

Maya said...

Eu comprei as fuzzibunz one size.
Não vejo a hora de usar!
Realmente, mta gente tem preconceito, nem falo mais para as pessoas.. canseeei de explicar hehehe
Bjos!

Mariana Della Barba said...

Fica a dica pro futuro(a) irmão(ã) do Theo, né? Ainda mais vindo da Paloma :)
bjos pras duas

Coisa de Mãe said...

Oi Paula,

Estou conhecendo seu cantinho agora, através do blog da Paloma (que adoro!) e gostei demais! Muita coisa bacana, dicas legais, fotos lindas..parabéns! Tô te seguindo e vou passar sempre por aqui!

Bjos,
Ivana

Priscila said...

Olha, sou mãe de dois, um de 4 e outra de 1, e, portanto, não sou lá muito desinformada sobre o assunto fraldas e etc. Mas confesso que nunca, nunquinha tinha ouvido falar dessas fraldas! E olha que estive 3 vezes nos Estados Unidos nos últimos 4 anos e nem lá ouvi falar.
Gente, achei isso o máximo!! Maravilhoso!
Precisamos divulgar isso! Alguém aqui no Brasil tem que distribuir essas fraldas que salvam o nosso planeta (lá em casa é assim que eu convenço as crianças a economizarem água, energia... Vamos salvar o planeta!).
Paula,
Posso reproduzir esse post no meu blog? Prometo dar todos os créditos!
Bjs.

Anonymous said...

Parabens pela coragem!
Tem gente que argumenta que o gasto de agua e o monte de detergente para lavagem têm o mesmo ou pior impacto sobre o meio-ambiente - voce leu algo sobre isso? Eu sempre usei como desculpa para continuar com as descartaveis!

Pat in NYC said...

Eu tenho vontade de experimentar sim, mas a primeira vez que questionei a escola, fiquei desanimada, eles nao aceitam. No meu primeiro filho, hoje sem fralda a 1 ano, use a seventh generation, o que nao funcionou com a Malu. Ela ficava com a pele toda irritada.
Acho que vou tentar esta opcao em casa, o meu medo era a fralda vaza durante a noite.

Paloma, a mãe said...

Meninas, vim responder às dúvidas. Se tiverem mais perguntas, façam, vbou adorar ler e responder todas.

Nane, para trocar a fralda na rua, eu levo sacos ziploc, sim. Mas, se o passeio for de dia inteiro, por exemplo, acabo levando as descartáveis. Não deixei de usar completamente, mas dimunuí em pelo menos 90% o uso das descartáveis.

Carol Passuello: não, elas nãoi vazam! É incrível, eu confesso que me surpreendi. Porque as descartáveis volta e meia vazam. Ontem mesmo vazou um cocô da Clarice numa descartável (as de pano estavam todas lavando). Até hoje, nunca vazaram. Acho que é porque o sistema de ajuste é realmente bom, vc vai ver, supera qualquer fralda descartável, parece feita sob medida!

Paloma, a mãe said...

Maya, não entendo este preconceito. Por acaso são estas pessoas que lavam (ou lavarão) as fraldas do seu filho? No mais, ouço falar muito bem das Fuzzi também!

Priscila, reamente as fraldas de pano modernas são pouco conhecidas das mães em geral. Eu também não conhecia na minha primeira gravidez. E, quando soube da existência, torci um pouco o nariz, achei que n]ão era para mim. Mas hoje vejo que era total ignorância (no sentido de ignorar mesmo), pois, como eu poderia dizer que não era para mim se nunca nem tinha visto como funcionava? Quando vi, quase caí para trás: era tããão mais fácil do que eu imaginava. Por isso gosto de divulgar esta experiência. Acho que não custa conhecer antes de dizer que não presta ou que não é possível para a sua realidade.

Anônimo, nem se compara! As máquinas de lavar hoje em dia controlam o fluxo de água e vc pode lavar as fraldas junto com outras roupas, do mesmo jeito que lavaria antes. E não se usa detergente, mas uma quantidade mínima de sabão de coco em pó (o mesmo que usamos nas roupas de bebês pequenos), pois roupa de bebê não deve ser lavada com muito sabão. Ah, e não pode usar amaciante.

Pat, que pena que esta escola não aceita. Aqui em Brasília a escola da minha filha mais velha aceita. Afinal, para quem troca, o trabalho é o mesmo. Só que em vez de jogar a fralda suja no lixo, elas colocam em saquinhos e entregam para a mãe, que lava em casa. Acho que vale a pena tentar o usocombinado, pelo menos: descartável na rua e de pano em casa. Ainda não testei o uso à noite, pois ela dorme 10h seguida, mas vou testar e volto aqui para contar.

Beijos

Paloma, a mãe said...

Gente, enquanto respondia aos comentários de vcs, Clarice fez um cocô astronômico, daqueles que vazam em qual-quer fralda descartável. Saí correndo para trocar, segurando-a longe de mim, já prevendo que ia escorrer tudo na roupa e, quando a coloco no trocador, constato que não havia vazado nem uma gotinha. E olha que a fralda já estava bem cheia de xixi também. Decidi esta noite vou colocá-la para dormir com uma de pano, depois venho contar.

Beijos a todas e muito obrigada, Paula, por fomentar esta discussão!

Paloma, a mãe said...

Meninas, já testei a fralda de pano com a Clarice, deixando-a dormir a noite inteira com uma. Foram 10 horas, muitos xixis e nenhum vazamento. As fraldas foram aprovadas em mais um teste! Clap, clap, clap, clap!
Beijos

Anonymous said...

Oi, Flor!! Que legal sua divulgação sobe as fraldas de pano! Estou pesquisando as marcas nacionais e meu sobrinho tah sendo "cobaia" (hehe) de uma marca nacional que na primeira usada não vazou e o tempo q ele ficou com ela foi similar ao tempo que ele fica com uma descartável. To pensando em valorizar nosso produto nacional. Tb jah ouvi uma mãe dizer de uma outra marca, que ainda não testei, que é muito boa e similar a uma estrangeira que é de excelente qualidade. ACho q as importadas devem ter um Q a + talvez pelo tempo de mercado e pela exigência internacional, mas gostaria de saber mais sobre as nacionais. Vc testou alguma quye deu certo? Bjuss e felicitações pra vc e sua família. Parabéns pelo blog!

Dani Cavallon said...

Olá Paloma, muito bom seu depoimento. Estou querendo testar na minha filha que nasce em maio mas estoumeio perdida nos sites e nos modelos nacionais. Se alguém puder me indicar as marcas legais nacionais já testadas e aprovadas agradeço mto! Entrei em uns que parecem bem legais, mas tem tantos modelos que confesso não saber o que fazer...Se alguém puder me enviar as marcas recomendadas e não recomendadas por e-mail (caso não queriam postar aqui) agradeço! Meu e-mail é danicavallon@hotmail.com
Obrigada!

Related Posts with Thumbnails