Wednesday, June 23, 2010

Blogueira Convidada

A partir de hoje começa uma nova sessão aqui no blog, onde convido outras mamães da blogosfera a escreverem um post especial para o NY WITH KIDS.

Nossa primeira convidada é a Paloma do blog "As Peripécias de Cecília".

Enjoy!


Andando por Nova York by Paloma Varon

Quando a Paula me convidou para escrever aqui fiquei lisonjeada, porque amo este blog e ele foi fundamental para a minha bem-sucedida viagem a NY, grávida e com uma filha de 3 anos. Daí pensei: "Tenho de escrever algo que esteja de acordo com este blog". Mas bateu uma insegurança: como, se este blog já tem tudo e ela é uma das mães mais antenadas de Manhattan?

Um post recente dela, sobre os passeios turísticos de ônibus, me fez lembrar que uma das coisas que mais me encantam em Manhattan são justamente os meios de transporte. Tem de todo tipo e eles são muito eficientes (e baratos). Eu sou super mega pró-transporte público. Primeiro, porque não dirijo nem tenho vontade, acho o trânsito um porre, as pessoas violentas e mal educadas, falta respeito neste setor, em geral. E existem outros mil motivos, que passam pela consciência ecológica, pelo senso comunitário, pelo planejamento urbano etc.

Daí que Nova York é o paraíso para quem quer viver sem carro, usando os nossos queridos pés e os abençoados carrinhos de bebês. Porque, vamos combinar, sling e canguru são ótimos, mas toddlers pesam e a nossa coluna agradece quando temos um carrinho, que além de tudo vira um porta-treco. Você pendura nele sua bolsa, as coisas da criança, casacos, brinquedos, água, comida, tudo. E sai desfilando linda-leve-e-loura-negra-morena-ruiva pelas calçadas-entapetadas desta megalópole da diversidade étnica e cultural.

Então eu queria deixar uma dica para as mommys que visitam a cidade: usem e abusem do transporte público, sem medo. Se estiver com carrinho, você certamente será ajudada por um estranho para subir e descer as escadas do metrô e dos ônibus. Eles são muito gentis com mães sozinhas. Se estiver com o marido, então, nem precisa se preocupar.

Além do metrô, que liga toda a cidade, os ônibus são muito bons. Têm assentos acolchoados, espaço para entrar com o carrinho (fechado) e uma facilidade enorme: andam sempre em linha reta. Você pode usar o mesmo bilhete do metrô (Metrocard) para pegá-los e eles são completamente integrados ao sistema de metrô. São uma mão na roda para qum quer fazer o circuito leste-oeste (ou oeste-leste) ou norte-sul/ sul-norte.

Se você está na Primeira Avenida láááá em cima (Upper East Side) e quer ir pro Esat Village, lá em baixo, pega um ônibus e chega lá rapidinho, sempre pela mesma avenida, com a vantagem de ter que descer e subir menos escadas que no metrô, pois nem todas as estações têm elevador. Nas estações de metrô, além dos mapas das linhas de metrô, você consegue os das linhas de ônibus e descobre que dá para fazer praticamente o mesmo passeio turístico dos ônibus de turismo pagando apenas US$ 2,00 num ônibus comum.

Claro que se o trânsito estiver ruim, não será tão rápido, mas aí entra outra dica: se você vai de férias, convém evitar a hora do rush. Você não precisa correr contra o tempo. Se estiver na rua na hora do rush, entre num café e espere calmamente o tempo melhorar, porque ônibus e metrôs estarão lotados e até táxi fica mais difícil de conseguir (fora o trânsito).  Ou volte para casa a pé, pois andar a pé por Manhattan é uma experiência fantástica, você descobre é coisa!

E tem os trens, super rápidos. Os trens que saem do Grand Central Terminal em direção aos subúrbios são chiquérrimos. Saem toda hoa e são muito bons, têm banheiro, ar-condicionado e lugares confortáveis. Boa opção para quem quer ir além de Manhattan, conhecer parques e praias mais distantes ou os famosos Bronx Zoo (também acessivel de metrô) e o Botanical Garden, que fica ao lado da estação do trem.

Fora isso tudo e os famosos táxis amarelos, ainda existem os ferry-boats e os barcos que cruzam os rios Hudson (do lado oeste) e East. Os ferries vão para Ellis Island e Staten Island. O segundo é gratuito: basta chegar à estação, que fica no Battery Park (extremo sul da ilha) e entrar no ferry. No passeio, você vê a Estátua da Liberdade de pertinho. O outro é pago. Os barcos que navegam os rios também são pagos, mas, para quem curte, vale a pena se informar. É sempre bom poder ver NY de outros ângulos!

13 comments:

Paloma, a mãe said...

Obrigada pelo convite, Paula, eu adorei!
Relendo agora, me lembrei ainda do passeio de carruagem pelo Central Park. Mais uma forma de andar por Nova York, né?
E lembrei ainda que há linhas de metrô e de ônibus que são expressas, ou seja, não param em todos os pontos/ paradas, facilitando a vida de quem tem hora para chegar. Enfim, acho o sistema de transporte daí fantástico!
Beijos

Livia, mãe da Carol said...

Amei o texto Paloma e Paula. Paloma está expert no que diz respeito a NY! Então e se vc descer na estção de Bronxville ainda faz uma visitinha para a gente. Garanto um café quentinho e bons passeios pelo subúrbio! Rs! Beijos!

piscardeolhos said...

Incrível como jornalista tem o dom de escrever de maneira elaborada e fluida. Eu me atrapalho toda pra descrever viagens, começo do final, esqueço a metade e misturo realidade com ficção..

Adorei a idéia, Paula! Vou ter que viajar a NY só pra poder participar. Saco, não? ;)

beijos em ambas!

Paty said...

Adorei! E sempre bom ouvir opiniao de alguem que nao vive na cidade, mas tem a experiencia de passar alguns dias!!!! Tks Paula e Paloma!

Neda said...

Adoro ler textos sobre viagens com crianças. Até por que aqui as viagens são frequentes. Transporte público em viagens é uma das minhas maneiras favoritas de conhecer outros lugares.
Parabéns pela iniciativa!

Lia said...

Amei o texto, vocês duas estão de parabéns! Mas seu desafio e difícil, hem, Paula? Não é qualquer uma pra dar conta do recado tão bem quanto a Paloma.

Coisas de mãe said...

Adorei tudo! o post, a ideia do intercambio de blogs, e NY. Chego a sofrer cada vez que passo por aqui! Nunca andei de barco em NY!!

beijos pras duas!

Pati

http://coisasdemae.worspress.com

Viajando com Pimpolhos said...

Concordo com a Lia! A barra ficou altíssima!
Muito bacana a iniciativa e o texto da Paloma, que conta tudo com uma naturalidade de novaiorquina em outra encarnação, tenho certeza!
Parabéns às duas,
Bjs, Sut-Mie

Monica said...

Ótimo texto, só faço a ressalva dos ônibus, que pra cruzar a cidade, demoram décadas, e acho lentíssimo o sistema, pois param em pontos a cada esquina, mais facil ir e bicicleta do que de ônibus, chega mais rápido.

Quanto ao coment da Paloma sobre a carruagem no Central Park alem e caro, sou totalmente contra esse serviço que maltratam demais os animais.

Gisella Baptista said...

Adorei o post e a idéia!!
Realmente é uma delícia poder andar a pé para todos os lugares!!
Bjs
Gi

Silvia said...

E de bike, aquelas com "compartimentos" dos mais variados tipos, dá pra fazer turismo carregando as crianças?

Setembro é um bom mês para visitar NYC?

Fernanda said...

Oi Paloma! Amei o post. Saudades! Como anda sua barriga?

Slvia, setembro eh OTIMO! Ainda estah gostoso, mas a umidade e calorzao jah foram embora. AMO!

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - said...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!

Você está fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo


Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

Related Posts with Thumbnails