Wednesday, October 7, 2009

A Boneca Mendiga


Eu ja dei aqui o post da boneca que mama no peito.

Agora, apareceu uma nova "bizarrice" desta vez inventada pelos próprios americanos: a boneca mendiga ou sem-teto (The Homeless Doll).

Inspirados na recessão, a mega loja de bonecas "American Girl" - famosa pelas suas bonecas cheias de acessórios, salão de beleza e "outros aparatos", lançou a boneca Gwen Thompson.

Assim como as outras bonecas da American Girl, Gwen também vem com uma "estória de vida". Sua família é vítima da recessão que vem assombrando milhares de americanos e por conta disso, perderam sua casa. No livro que acompanha a boneca e conta sua estória, tem o relato da mãe de Gwen que se viu abandonada pelo marido quando perderam a casa e agora mãe e filha moram dentro do carro. Ela ainda diz algo como :" eu achei que esse tipo de coisa só acontecesse com as outras pessoas. Procuro estacionar o carro perto de algum restaurante para que no dia seguinte tenhamos uma pia para escovar os dentes e nos lavar".

Da pra acreditar? História de terror para crianças ou o que? O pior é que eles cobram US$95 pela boneca "sem-teto". Que valores são esses? Vai entender....

8 comments:

Letícia Volponi said...

Meu Deus, cada dia mais eu acho que só tem gente maluca nesse mundo. Esses produtos para incentivar o consumo a qualquer custo são um absurdo. Mas a pergunta é: já tem gente comprando a boneca?

Adriana Stock said...

Gente, quem compra isso pra filha?

mperri said...

Isso aí parece aquelas coisas "inclusivas" americanas. Me lembro de uma teoria dos anos 60 que defendia a fabricação de bonecas negras para facilitar a redução do preconceito e para que as menininhas negras pudessem ter bonecas com as quais poderiam se identificar... até acho válida e confesso que a boneca favorita de minha filha é negra!
Aí veio a Barbie paraplégica, para que as crianças pudessem compreender que paraplegia não era algo que tornava uma pessoa "pior" ou "menos bonita", e para que as crianças cadeirantes pudessem ter uma boneca com a qual pudessem se identificar. Essa não fez tanto sucesso quanto as bonecas negras, que existem até hoje, ainda bem! Talvez pelo fato de que as barbies paraplégicas podiam, como qualquer outra barbie, serem tiradas de suas cadeiras de rodas e "andarem" normalmente, coisa que os cadeirantes não têm a sorte de poder fazer.
Essa aí seria, acredito para que as crianças compreendessem a questão do homelessness sem preconceito, e para que as crianças cujos pais perderam tudo pudessem se identificar com elas... MAS, veja bem, a US$95, uma boneca homeless não será prioridade na lista de natal das crianças sem teto, e, para as crianças com teto e abastadas que possam comprá-la, no minuto que a boneca chegar em seus lares, já não será mais homeless e passará a ser apenas mais uma boneca... ou seja, purpose defeated!
Coisas de USianos!rs

Andre e Tomas said...

Hahahahahhahahah.

Soh rindo pra nao chorar.

beijos, Fernanda

Nina Fiuza said...

QUE HORROR! Fui ver o post da boneca que mama e não sei qual das duas é pior!Aff... Será que o povo compra?

Lia said...

Bizarro. Só gringo mesmo.
Aqui, boneca mendiga é aquela de plástico mesmo, q vc compra na loja de 1,99.

Flavia said...

como assim?

piscardeolhos said...

Now how bizarre is that?
Gente, gente, gente, pára tudo, como assim???
Paula, queria aproveitar pra te agradecer pela inspiração que é o seu blog. Como estou abrindo um pequeno business e desenvolvendo protótipos de alguns produtos que já existem por aí (os quais vou produzir aqui no Brasil) sempre paro no seu blog pra ver novidades e afins. Mas acho que nunca te parabenizei. Parabéns, então.
PS: a boneca mendiga aqui não vendia, nem em saldão das casas bahia, bem.

Beijocas,
Roberta

Related Posts with Thumbnails